quarta-feira, 31 de outubro de 2012

De Genebra, com amor (ou conveniência, ou comodismo ou hábito, ou lá o que lhe chamam)

Um dia destes eu conto algumas das minhas peripécias em viagens por esse mundo fora sempre tropeçando em casamentos e noivos e o diabo a sete a toda a hora. Mas, por hoje, fica apenas a cena mais inesperada que presenciei à beira do lago Lemain, com o Jet d'Eau mesmo em fundo.

2 comentários:

  1. que idade tens, if I may ask? :-)

    ResponderEliminar
  2. Caro anónimo,
    não estou a ver o que é que isso tem a ver com o assunto.

    ResponderEliminar